fbpx

Como melhorar a gestão de estoque de loja de material de construção?

Garantir um bom controle de estoque de loja de material de construção é fundamental para os gestores da área. Afinal, trata-se de um varejo com enorme demanda, em que qualquer falha pode acabar comprometendo a satisfação dos clientes e a rentabilidade da sua empresa. 

Além da procura elevada e constante de mercadorias, esse tipo de comércio também conta com produtos bastante variados. Isso exige uma gestão ainda mais eficiente, já que cada item possui seus próprios padrões de vendas e particularidades de armazenamento.

Se você está procurando as melhores práticas para melhorar o estoque de loja de material de construção, então veio ao lugar certo. Neste artigo, compartilhamos as 5 melhores dicas para lhe ajudar a ter um armazenamento mais eficiente e bem organizado. Acompanhe. 

Práticas de gestão ideais para estoque de loja de material de construção

Cada empresa possui suas próprias necessidades, características e perfil de público. Isso significa que as demandas da gestão de estoque podem não ser as mesmas para todas as lojas de materiais. 

Contudo, há algumas práticas básicas na área, que funcionam como ponto de partida para todo negócio que deseja implementar melhorias nos controles do seu armazém. Nós as compilamos em 5 breves dicas. Confira: 

1. Analise sua demanda de produtos

Ao entender o desempenho dos seus produtos, como a sua média mensal de vendas, você consegue definir quais itens saem mais, quais precisam de reposição constante, quais demandam um armazenamento especial, e assim por diante. 

Esse tipo de informação é essencial para organizar o seu armazém de acordo com a demanda e para garantir um melhor poder de negociação com os fornecedores, solicitando melhores condições para as mercadorias que são adquiridas com mais frequência. 

2. Faça reposições estratégicas no estoque

Quando você entende a sua demanda de produtos, é mais fácil otimizar o giro de estoque de loja de material de construção. Afinal, você será capaz de prever as necessidades de reposição de acordo com os padrões de consumo do seu público. 

Antecipar suas reposições é fundamental, pois lhe permite se alinhar melhor aos prazos dos fornecedores e garante que nenhum item acabe faltando no armazém, o que poderia prejudicar suas oportunidades de vendas.

3. Invista em tecnologia para loja de material de construção

Na hora de controlar o estoque de loja de material de construção e de preencher os dados sobre as entradas e saídas de produtos, é imprescindível evitar erros nas planilhas. Afinal, qualquer inconsistência acaba prejudicando o planejamento como um todo. 

Por isso, o ideal é evitar ferramentas manuais de controle. Atualmente, há diversos softwares de gestão dedicados a essa demanda. O mercado disponibiliza opções acessíveis para empresas de todos os portes, que podem otimizar o armazém com o apoio da tecnologia. 

4. Monitore as movimentações

Depois de informatizar a sua gestão de estoque, você passa a ter uma visão prática, assertiva e em tempo real de tudo o que tem armazenado, dos produtos que tem mais saída, quais estão mais parados, relação de custo-benefício dos fornecedores, entre outros dados importantes.

Tão importante quanto investir em tecnologia, é utilizá-la de maneira estratégica na rotina da sua empresa, monitorando as suas movimentações e utilizando os dados disponibilizados pelo seu sistema para tomar melhores decisões em prol da sua organização. 

5. Conte com bons equipamentos

Assim como a gestão do estoque de loja de material de construção, os processos que ocorrem no próprio chão do armazém também são decisivos para que as operações sejam mais ágeis, seguras e bem organizadas.

Sendo assim, é importante investir em bons equipamentos. As empilhadeiras, por exemplo, são diretamente responsáveis pela qualidade nas movimentações e pela integridade das suas mercadorias. Por isso, é importante que elas tenham mobilidade e operação facilitada. 

A Empilhadeira Industrial MD é a solução mais adequada para o seu estoque de loja de material de construção

Afinal, é adaptável a diferentes funções dentro do depósito, como o raio de giro reduzido, agilidade nesse tipo de ambiente e oferece consumo reduzido. Clique abaixo e descubra como movimentar suas cargas com alta eficiência com o apoio da Movix.

Assistência técnica de empilhadeira Movix: diferencial e suporte pós-venda

A assistência técnica de empilhadeira é fundamental para garantir o bom funcionamento da máquina, objetivando a redução de falhas e deterioração do equipamento.

Assim, é possível evitar interrupções no trabalho ou mau desempenho durante o seu uso, fatores que implicam diretamente na produtividade e qualidade do serviço.

Portanto, perceber a necessidade de fazer a manutenção preventiva, aquela realizada sem que haja algum dano aparente na máquina, é altamente relevante para as empresas que as utilizam.

Pensando nisso, a Movix oferece um serviço completo de suporte no pós-venda e assistência técnica.

Entenda, neste artigo, a importância de investir em uma empresa que se preocupa com as máquinas e os clientes mesmo quando o processo de negociação acaba.

Saiba mais sobre a assistência técnica de empilhadeira

A assistência técnica de empilhadeira deve ser feita por profissionais competentes, de confiança e que conheçam o equipamento. Assim, é possível reduzir a possibilidade de mais danos ao maquinário.

A assistência técnica de empilhadeira pode acontecer de 4 formas. São elas:

1. Assistência preventiva

É realizada para impedir que a empilhadeira sofra algum prejuízo ou dano futuro. Para isso, faz-se uso de um cronograma. Abrangem esta categoria: a lubrificação, o óleo que deve ser trocado a cada 6 meses, a calibração, a revisão, a aferição e a inspeção de veículos de movimentação de carga;

2. Assistência técnica de empilhadeira preditiva

Aqui, se analisa a potencialidade da máquina.

Uma vez que a assistência técnica de empilhadeira foi feita e foi possível verificar se a mesma atingiu o desempenho almejado, o auxílio é feito em momentos pontuais e periódicos.

Assim, é possível evitar problemas que prejudiquem o equipamento e as atividades da empresa. Além disso, este método possibilita uma análise do estado da empilhadeira sem haver a necessidade de desmontá-la.

3. Assistência técnica corretiva

Esse é o tipo de assistência feita quando já existe um problema na empilhadeira, sendo necessário trocar peças.

Nesta forma, a falha ocorre antes do período marcado para a realização da manutenção, impedindo que o maquinário seja adequado para o uso.

Seu principal objetivo é a reposição de peças danificadas que comprometam a qualidade e funcionalidade da empilhadeira, custo de manutenção e baixa produção;

4. Assistência detectiva

Desta forma, considera-se a produtividade da máquina e a segurança do seu uso em um determinado período.

Aqui, se detectam problemas não aparentes, mas que podem causar transtornos. Você deve realizar a inspeção diária e anualmente.

Assistência técnica de empilhadeira Movix

Você, gestor de empresa, precisa ser cuidadoso, especialmente ao escolher a empresa com quem irá adquirir a sua empilhadeira.

Afinal, o ideal é investir com quem presta suporte do pré ao pós-venda, como a Movix.

Além disso, oferecemos uma enorme variedade de peças de reposição. Você também pode aproveitar nossos materiais de apoio gratuitos, como o nosso Ebook de Perguntas Frequentes.

 

E, a Movix conta com assistência técnica em todo o país, com pessoas especializadas e capacitadas para cuidar da sua empilhadeira da maneira mais adequada.

Agora que você já sabe a diferença entre as assistências técnicas para empilhadeiras e conheceu um pouco mais sobre o serviço da Movix, leia outros artigos do nosso blog que podem te auxiliar no dia a dia com a máquina.

6 motivos para investir em uma empilhadeira para loja de material de construção

Você sabe por que investir em uma empilhadeira para loja de material de construção?

O setor da Construção Civil está em constante ascensão. Assim, as lojas de material de construção devem se adequar para atender a demanda com eficiência. 

Afinal, um dos desafios dessas empresas, é realizar tarefas como a carga e descarga de materiais, movimentando os produtos do estoque à frente da loja ou para o caminhão de transporte.

Neste artigo, vamos te mostrar quais são as vantagens de investir nesta máquina para efetuar a movimentação de carga da sua loja de materiais de construção.

Vantagens da empilhadeira MD para loja de material de construção

volante de empilhadeira para loja de material de construção - movix

O ideal é investir em maquinários compatíveis com as demandas do trabalho, como é o caso das empilhadeiras dessa série.

A empilhadeira para loja de material de construção traz diversos benefícios, como: 

  1. Segurança operacional em lugares planos
  2. Fácil operabilidade na verticalização de estoques
  3. Carregamento e descarregamento de caminhões, direcionada à ambientes internos e externos
  4. São compactas (permite chegar rapidamente em espaços de armazenagem, por exemplo, galpões, lugares externos onde o terreno é pavimentado)
  5. Oferecem mobilidade em espaços reduzidos, agilidade, excelente custo-benefício e  maior produtividade
  6. A motorização é a diesel e possui fácil manutenção
  7. Realiza rápidos trabalhos ao ser acoplada em uma concha hidráulica.

Características da Empilhadeira Industrial Série MD

empilhadeira para loja de material de construção - vantagens - movix

A Empilhadeira Industrial Série MD é altamente indicada para o trabalho em lojas de material de construção. 

Afinal, oferece múltiplas vantagens aos colaboradores, como operação simplificada, excelente performance, baixo consumo de combustível, além de segurança e agilidade de movimentação. 

Estes modelos a diesel são ideais para as tarefas desse segmento, com capacidade de suportar de 2,5 a 7,0 toneladas conforme o modelo. 

A mecânica da empilhadeira para loja de material de construção permite manutenção acessível, já que não possui componentes eletrônicos e, além disso, há grande oferta de peças para reposição em nossa fábrica e em pontos de assistência técnica.

Agora que você já sabe quais as vantagens de investir em uma empilhadeira para a sua loja de materiais de construção e qual o modelo mais indicado para esse tipo de trabalho, que tal baixar o folheto técnico da Série MD?

Como reduzir custos em loja de material de construção?

Uma dúvida muito comum entre gestores do varejo, é como reduzir custos em loja de material de construção e acompanhar o crescimento exponencial do segmento.

Afinal, além da diversidade de desafios enfrentados no dia a dia, ainda é necessário lidar com a pressão de manter a loja funcionando da maneira mais lucrativa possível.

Assim, este cenário somado ao fato do mercado ser tão competitivo, torna essencial que você entenda quais as ferramentas e estratégias para economizar. E, é claro, direcionar os investimentos para os lugares certos.

Portanto, você atua em uma loja de material de construção, imagino que tenha se identificado com esse desafio, certo? Então, não se preocupe porque nós estamos aqui para te ajudar. Neste artigo vamos te mostrar 4 dicas para reduzir custos em loja de material de construção. Vem com a gente!

4 dicas para reduzir custos em loja de Material de Construção

1. Faça o controle das entradas e saídas através de softwares de gestão

O maior erro de uma empresa, é não dar a devida atenção ao controle de entrada e saída de produtos. Afinal, a ausência de monitoramento eficaz impede que o gestor identifique gargalos e tenha uma visão realista dos investimentos, gastos e faturamentos,

Além disso, quanto maior for a sua loja, mais difícil será fazer esse controle de maneira manual. Afinal, a movimentação de produtos provavelmente é mais alta e, consequentemente, os riscos de erros aumentam.

Também é importante reforçar que esse controle deve ser aplicado tanto no estoque, quanto na loja.

Por fim, atualmente, existem inúmeros softwares capazes de monitorar a movimentação dos materiais de construção, de maneira precisa e confiável.

2. Negocie a parceria com fornecedores

Esteja atento à flutuação dos preços do mercado. Assim, sempre que notar uma melhora, renegocie seu contrato com fornecedores antigos ou busque novas parcerias.

Nesse sentido, a dica é ficar atento a prazos, condições de pagamento e valores por unidade. Assim, é essencial que o acordo seja benéfico para ambos e, se for necessário, busque novos fornecedores para reduzir custos da loja de material de construção.

3. Avalie as despesas recorrentes da sua loja

Toda loja tem despesas mensais, que incluem gastos com energia, aluguel, colaboradores, material de escritório e muitos outros. Nesse ponto, é interessante fazer um levantamento de quais desses custos são fixos e quais são variáveis.

Assim, fica mais claro para onde estão indo os gastos, quais devem se manter e quais podem ser eliminados para ajudar a reduzir custos da sua loja de material de construção.

4. Invista em maquinário e equipamentos capazes de elevar a produtividade

Além dos softwares de gestão, outros equipamentos podem ajudar a reduzir os custos da loja e aumentar a sua produtividade. Embora o investimento nesse tipo de aparelho seja alto no início, ele se dilui a longo prazo, compensando com:

1. Redução de tempo das atividades
2. Economia em mão de obra

Então, você pode investir em empilhadeiras para movimentar as cargas no depósito ou para carregar/descarregar os caminhões, por exemplo. Já parou para pensar quanto tempo você economiza ao utilizar essas máquinas?

Empilhadeira Industrial MD para Loja de Material de Construção

A linha de empilhadeiras industriais série MD é ideal para movimentar todo tipo de carga com alta eficiência, agilidade e segurança operacional. Além disso, pode ser combinada com acessórios opcionais.

Dentre as diversas empilhadeiras fabricadas por nós, esse modelo ganha grande destaque entre as lojas de materiais de construção. Afinal, suas características são decisivas para que ela se torne a principal escolha entre gestores desse segmento. Entenda por que:

  • A Empilhadeira Industrial MD possui raio de giro reduzido, ideal para corredores e espaços reduzidos típicos dos estoques.
  • Oferecem manutenção facilitada, não possuem componentes eletrônicos e as peças são facilmente encontradas em pontos de assistência técnica, revendas e em nossa própria fábrica.
  • Suportam capacidades variadas de carga.
  • O motor a diesel garante a economia no consumo de combustível e a força necessária para as operações.

Agora que você já viu algumas dicas de como reduzir custos em loja de material de construção, que tal começar a aplicar as estratégias para impulsionar o crescimento da sua empresa?

E, se você ficou interessado na Empilhadeira Industrial MD para auxiliar na movimentação de carga, baixe agora mesmo o folheto e confira mais informações técnicas sobre a máquina.cta_movix_faça_download

Vantagens da Empilhadeira Off Road na safra de maçã

No que diz respeito a empilhadeira para agro, o modelo Off Road contém as características ideais para as tarefas e solos típicos desse segmento.

Segundo a Associação Brasileira dos Produtores de Maçã (ABPM), os produtores do campo estão enfrentando grandes desafios devido a baixa colheita na safra de maçã de 2022, que pode ser 30% menor comparada à campanha passada. 

As chuvas acima da média durante a florada e a seca no período de amadurecimento da fruta foi o que interferiu na produtividade.

No entanto, graças a inovação e a tecnologia, algumas soluções podem amenizar as dificuldades enfrentadas pelos profissionais da indústria agro. 

Assim, o investimento em maquinários como tratores e empilhadeiras, por exemplo, podem auxiliar na produção, agilizando o trabalho e reduzindo perdas na colheita e na hora da logística.

Continue lendo o nosso artigo e confira as vantagens que você pode encontrar ao investir em uma empilhadeira Off-Road Movix nesta safra e nas próximas também:

As vantagens das empilhadeiras na agricultura

Você ficaria surpreso com o quão versáteis as empilhadeiras podem ser na indústria agrícola. 

Essas máquinas não apenas aumentam a eficiência do tempo, mas também melhoram a segurança no local de trabalho.

As empilhadeiras também ajudam a utilizar totalmente todo o espaço disponível do armazém, permitindo que você acesse áreas altas ou de difícil acesso e podendo carregar e descarregar mercadorias na metade do tempo.

Com apenas uma empilhadeira no campo, você consegue aumentar drasticamente a eficiência do seu trabalho, e depois de a utilizar, você se perguntará como viveu sem uma.

Então, conheça agora nossas empilhadeiras baixando o formulário!

Qual é a melhor empilhadeira para agro?

Quando se trata da escolha de uma empilhadeira para agro, existem alguns fatores que você precisa levar em consideração, como o peso que você precisa transportar e a altura que você precisa alcançar para levantar a carga.

A linha Industrial Movix é adequada para ambientes de armazém onde o solo é liso e regular, então, você também precisa encontrar uma empilhadeira que possa se deslocar com segurança e eficiência pelo terreno de sua fazenda.

Os modelos chamados “Off-Road”, são a opção perfeita para locais com o solo irregular, como nos campos, se adaptando bem ao pátio da fazenda. Além disso, esse tipo de empilhadeira possui um sistema operacional todo preparado para o trabalho pesado em terrenos difíceis.

Confira alguns detalhes das empilhadeiras Off-Road Movix:

Empilhadeira MaxxiCargo

empilhadeira para agro

A MaxxiCargo Movix é a empilhadeira com força e versatilidade para qualquer tipo de terreno, combinando alta tecnologia, excelente desempenho e dirigibilidade. 

Com a sua estrutura reforçada, construída sobre chassi monobloco, apresenta força e resistência necessárias para desempenhar um excelente trabalho no ambiente agro.

Mais características da MaxxiCargo Movix:

  • Suporta de 3,5 a 4,5 toneladas
  • Motor turbo a diesel
  • Chassi em aço de alta resistência
  • Mangueiras com terminais DKO
  • Mais espaço interno na cabine operacional
  • Painel digital
  • Sistema exclusivo de deslocador lateral de carga
  • Conectores com sistema anti desengate
  • Nas trações 4×2 e 4×4
  • Não possui componentes eletrônicos

Empilhadeira Série MX

empilhadeira para agro

A Série MX é a empilhadeira de entrada que encara todo o tipo de terreno com eficiência e agilidade. 

Combinando seu estilo compacto e fácil operação, é uma máquina que apresenta um ótimo custo-benefício e se adapta bem ao serviço pesado em terrenos desnivelados! 

Mais características da Série MX Movix:

  • Suporta até 3.500 kg
  • Raio de giro reduzido
  • Maior altura livre do solo
  • Melhor estabilidade
  • Assento ergonômico
  • Volante ajustável
  • Faróis para iluminação e sinalização
  • Tração 4×2
  • Não possui componentes eletrônicos

As empilhadeiras são surpreendentemente versáteis e são uma ferramenta necessária para qualquer ambiente agrícola; elas podem aumentar a produtividade do trabalho e também tornar a vida do agricultor muito mais fácil.

Nossas empilhadeiras Off-Road Movix com certeza podem desempenhar um papel essencial no futuro do seu negócio, mesmo que o cenário nesta safra não esteja “favorável”. Se você quiser saber mais detalhes sobre as nossas soluções, entre em contato conosco.

Como reduzir desperdícios na colheita de maçã

Em 2022, estima-se uma redução de produção no plantio de maçã, especialmente em decorrência de fenômenos climáticos como a falta de chuvas na região sul do país.

A safra de maçã tem início no final de dezembro nas regiões mais quentes. Além disso, no período entre janeiro e maio, ocorre a colheita das espécies com alto requerimento de frio na região Sul do país.

Diante do cenário de baixa safra, é essencial definir algumas práticas para minimizar as perdas do que for possível colher. Assim, algumas máquinas são essenciais para possibilitar movimentações simples, ágeis e seguras em qualquer tipo de terreno, como os pomares, ou até dentro dos galpões de armazenamento da fruta.

Neste artigo, vamos te mostrar como as Empilhadeiras Todo Terreno da Movix, em conjunto com outras práticas, podem evitar perdas na safra e garantir versatilidade, amparando em inúmeras atividades na lavoura.

Como identificar uma fruta de qualidade

Mais do que garantir uma safra em quantidade, é necessário que o produtor obtenha uma safra de qualidade. Mas, afinal, você sabe identificar uma maçã de qualidade? 

A fruta da macieira deve apresentar alguns aspectos como: 

  • Casca com aparência nova e brilhante
  • Polpa firme
  • Turgidez
  • Ausência de danos mecânicos que provocam o amolecimento da polpa
  • Podridões.

Garanta uma logística eficiente no plantio de maçã 

Agora, veja outras maneiras práticas de evitar danos e perdas na safra de maçã:

  • Acomode os frutos delicadamente em big bags e caixas, evitando batidas
  • Evite deixar as caixas e big bags expostas ao sol, já que isso acelera a maturação
  • Utilize caixas feitas de plástico ao invés de madeira, evitando a contaminação das frutas
  • Mantenha as caixas a uma determinada altura do solo
  • Evite, ao máximo, manipular as frutas repetidas vezes
  • Utilize maquinário e tecnologias adequadas para o processo de colheita, transporte e armazenagem
  • Leia também: Conheça as tecnologias utilizadas na produção de maçã

Nesse sentido, o emprego da empilhadeira é ideal para a logística no plantio de maçã com destino ao transporte e armazenagem, uma vez que ela garante a integridade da fruta colhida. 

Dê preferência a máquinas que ofereçam alta tecnologia

empilhadeira off road para plantio de maçã

Opte por mecanismos com tecnologia de ponta na agricultura, inclusive no plantio de maçã, porque auxiliará a cortar desperdícios nesta safra 2022 (baixa produtividade) e esses equipamentos permitem maior produtividade e rentabilidade no setor Agro.

  1. Verifique a potência do equipamento – a Empilhadeira Todo Terreno possibilita resistência, força, versatilidade e otimização da produção, além de possuir um raio de giro reduzido, ideal para os corredores dos pomares
  2. Analise o consumo de combustível utilizado no plantio de maçã
  3. Permite melhor estabilidade, pois os pneus são maiores, largos, suspensão que sustenta um radar seguro, mesmo em terrenos irregulares (desnivelados)
  4. Calcule o custo-benefício do equipamento, a assistência técnica disponibilizada pelo fabricante, como também a confiabilidade da marca que é ideal para pomares de maçã
  5. Maquinário de fácil operação, apresenta conforto, ergonomia e segurança ao operador.

A baixa produtividade no plantio de maçã safra 2022 foi em decorrência de intensas chuvas no período da floração e estiagem durante o enchimento do fruto causando prejuízos, baixa produtividade ao plantio de maçã


Portanto, reduza os prejuízos no plantio de maçã, atente-se às dicas propostas e tenha maior produtividade apesar da situação dificultosa apresentada aos produtores desse tipo de cultura.

Manutenção de empilhadeiras em todo o Brasil é com a MOVIX!

Precisando de manutenção de empilhadeiras? Então, conheça nosso trabalho.

Quando você compra qualquer tipo de máquina – especialmente na indústria – sempre têm aquela expectativa de um bom desempenho e que o equipamento precise do mínimo possível de manutenção.

Podemos até comparar essa expectativa ao momento que você vai comprar um carro, por exemplo. Você pesquisa a marca, compara modelos, e faz até test drive para escolher o que melhor se encaixa na sua necessidade e gosto.

Depois da compra, quando finalmente recebe as chaves do veículo, é recomendado ler o manual de instruções e manutenção, para que você não enfrente problemas e faça seu uso adequado, não é mesmo?!

E com o investimento em uma empilhadeira não é diferente!

Assim como qualquer outro maquinário, as empilhadeiras precisam de manutenções regulares para que o seu funcionamento não seja prejudicado.

Por este motivo, é muito importante se informar sobre a regularidade das manutenções da empilhadeira e contar com uma assistência técnica especializada, disponível sempre que você precisar.

Faça a manutenção em dia e evite problemas!

A assistência técnica e a manutenção regular da empilhadeira são essenciais para manter as máquinas funcionando corretamente. Uma empilhadeira bem cuidada pode garantir anos de desempenho confiável e seguro.

Uma máquina negligenciada quebrará com mais frequência, exigirá substituição mais cedo e, o mais importante, colocará seus operadores em risco.

Então, se você deseja obter o máximo retorno do seu investimento e ajudar a reduzir os riscos de acidentes com empilhadeiras, a manutenção preventiva é essencial. Confira algumas práticas de manutenção preventiva que você pode fazer com a sua empilhadeira:

1. Inspecione sua máquina diariamente

Inspecionar sua empilhadeira diariamente antes de usar não é apenas uma boa maneira de identificar problemas de maneira antecipada (como mangueiras com vazamento e freios vacilantes). Além disso, essas verificações garantirão que a empilhadeira fique segura para uso antes de cada turno e permitirão que você economize tempo e dinheiro ao esperar para reparar problemas até que eles interfiram na operação da máquina.

2. Siga o cronograma de manutenção recomendado pelo fabricante

A manutenção de sua empilhadeira deve seguir o cronograma fornecido pelo fabricante. Por exemplo, a maioria dos fabricantes recomenda uma inspeção detalhada ou manutenção após um determinado período de tempo (ou seja, trocas de óleo a cada 3 meses) ou uma certa quantidade de uso (ou seja, após 250 horas de uso, 500 horas de uso e 1.000 horas de uso).

Certificar-se de que tarefas como trocas de óleo, condições de pneus, substituição de velas de ignição, manutenção de freios e muito mais, sejam efetuadas do seu devido tempo. Assim, você pode evitar problemas inesperados maiores que podem custar tempo, dinheiro e segurança.

3. Verifique regularmente os pneus da sua empilhadeira

Os pneus podem se desgastar rapidamente em uma empilhadeira, especialmente se ela percorrer regularmente os mesmos caminhos dentro de um armazém, ou até em solos mais irregulares. Esse movimento repetitivo pode fazer com que os pneus se desgastem rapidamente. Além disso, os pneus também podem esvaziar, furar ou vazar. Como os pneus são essenciais para a operação adequada da empilhadeira, a manutenção da empilhadeira deve incluir inspeção e manutenção regulares dos pneus.

4. Limpe suas empilhadeiras semanalmente como parte de seu plano de manutenção

A limpeza faz mais pela sua empilhadeira do que simplesmente melhorar seu apelo estético. Também é um importante recurso de segurança que pode impedir o acúmulo de materiais combustíveis (como fiapos) em sua máquina e evitar radiadores bloqueados e outros problemas que podem prejudicar a segurança e a operação eficaz da empilhadeira.

5. Lide com quaisquer problemas assim que eles surgirem

Apesar das verificações diárias e de um cronograma regular de manutenção da empilhadeira, ocasionalmente podem surgir problemas inesperados com sua máquina. Por exemplo, um operador pode notar que o freio está ficando cada vez mais macio ao longo do turno, ou que apareceu uma luz diferente piscando no painel operacional. Então, abordar essas questões prontamente é um elemento importante na prevenção de problemas maiores e acidentes perigosos.

A manutenção preventiva pode evitar que pequenos problemas se tornem grandes (e caros). Por exemplo, é muito mais barato consertar um vazamento do que substituir todo o motor (ou comprar uma nova empilhadeira) depois que um vazamento negligenciado causou danos maiores. É mais seguro ter freios suaves examinados do que esperar até que os freios parem de funcionar completamente.

Para manter suas empilhadeiras em boas condições de funcionamento, lide com qualquer problema assim que ele surgir.

Isso significa:

  • Encorajar relatos de problemas por parte dos colaboradores
  • Retirar imediatamente as empilhadeiras de operação se apresentarem problemas que exijam reparos
  • Reparar em ruídos estranhos ou altos da máquina
  • Chamar imediatamente um técnico especializado para lidar com os problemas

Conte com a Assistência Técnica Movix para manutenção de empilhadeiras

Nós, da Movix, oferecemos peças de reposição originais das nossas empilhadeiras e também serviços de assistência técnica especializada.

Não importa qual seja a sua localização, temos uma equipe qualificada em todo o Brasil e  em alguns países da América Latina, pronta para reparar sua máquina e te ajudar em sua necessidade!

Visita da Faculdade FABE Marau na Movix

Recebemos a visita técnica em fábrica da turma de Administração da Faculdade FABE Marau. O professor da disciplina de Comércio Exterior, Marlon Cucchi e sua turma foram recepcionados pelos sócios proprietários da Movix, Eduardo De Rocco e Paulo de Lima.

Os alunos fizeram uma visita por todos os setores da fábrica, e puderam observar desde a produção das máquinas, até os nossos processos de importação e exportação. Dessa forma, os acadêmicos entenderam como funcionam todos os trâmites dentro da empresa.

Toda a equipe Movix se mobilizou em atender e dar atenção às dúvidas da turma, que estava disposta a aprender sobre as nossas demandas internas e também sobre cada produto do nosso portfólio. Assim, o que mais chamou atenção dos estudantes foram os procedimentos de garantia de qualidade na fabricação e montagem.

Foram algumas horas de muita troca de experiência em que foi possível relacionar aspectos vistos no curso com as práticas desenvolvidas na empresa. Como empresa fabricante de Empilhadeira Todo Terreno, exportamos máquinas para todo o Brasil e para países da América Latina. Por isso, ficamos felizes em contribuir na formação dos futuros profissionais do mercado. 

Vantagens da visita técnica em fábrica

A visita técnica tem uma grande relevância na formação de um futuro profissional, ou até mesmo para estudantes em qualquer nível de escolaridade. Afinal, é possível observar de perto como funcionam os procedimentos em uma empresa, suas práticas, desafios, testes e soluções.

Nesse sentido, os estudantes conseguem se preparar de forma mais adequada à realidade que irão enfrentar no mercado de trabalho. Além disso, a atividade permite o contato do aluno com experiências novas, bem como, a construção de uma visão mais ampla sobre a profissão.

Alguns procedimentos que a turma de Administração da Faculdade FABE Marau conheceu na nossa fábrica:

  • História da empresa e sua contribuição com a economia local / nacional
  • Práticas administrativas da empresa
  • Procedimentos na fabricação das máquinas
  • Funcionamento das empilhadeiras
  • Práticas de segurança interna
  • Processos de garantia de qualidade dos produtos
  • Processo de importação e exportação

E, a vantagem da visita não é exclusividade apenas da instituição ou dos alunos, mas receber a turma de Administração da Faculdade FABE Marau também foi de grande valor para nós da Movix! 

Assim, difundimos o nosso conhecimento e também divulgamos todo o trabalho construído em mais de 14 anos de história. Esperamos ter atendido às expectativas!

Visite a Movix você também!

Se você quer conhecer de perto o nosso trabalho, entre em contato conosco e agende também uma visita técnica! Nós da Movix ficaremos felizes em receber você e sua turma.

Empilhadeiras Movix: Conquistando Todo o Território Brasileiro

As empilhadeiras Movix carregam em seu DNA, a força e robustez para capacitar quem precisa movimentar cargas como  blocos, madeiras, grãos, ou seja qual for sua necessidade.

E, é exatamente isso que estamos fazendo, graças ao nosso time de assistência técnica e time do comercial que estamos presente em todo o território brasileiro.

Somos uma marca nacional, com fábrica localizada no norte do Rio Grande do Sul, e que está a 14 anos no mercado. Sempre evoluindo, crescendo, nos aperfeiçoando e superando cada obstáculo, tudo para entregar equipamentos fortes e robustos facilitando o trabalho de quem leva um país nas costas.

Assistência técnica Movix

assistência técnica para empilhadeiras movix - movix

Sabemos que máquinas paradas causam dor de cabeça e prejuízo às empresas. Assim, a garantia de um bom funcionamento das empilhadeiras, é o que dá segurança aos nossos clientes para realizar seu trabalho livre de preocupações.

Nós, da Movix, enviamos produtos e oferecemos suporte técnico para todas as regiões do Brasil, conquistando cada vez mais espaço no mercado nacional e internacional de empilhadeiras.

Portanto, do Sul ao Norte, de Leste a Oeste, você pode encontrar uma equipe preparada para atender às suas necessidades. Então, surgiu dúvidas sobre o funcionamento da sua máquina? Precisa de informações sobre manutenções preventivas e/ou periódicas? Ou, então, sua empilhadeira apresentou algum tipo de problema?

Não tem problema! Conosco você pode ficar tranquilo para esclarecer e solucionar qualquer questão.

Você merece uma empilhadeira Movix

Levantar materiais pesados e, especialmente, manter segurança e eficiência nesta tarefa, não é fácil. Com as nossas empilhadeiras você consegue fazer isso de olhos fechados – não no sentido literal, mas é esse o sentimento de confiança que você tem ao usar o melhor equipamento!

Atestamos a qualidade de qualquer um de nossos produtos, desde as empilhadeiras até as peças, devido a sua durabilidade e tecnologia de produção. Além disso, o sistema operacional das nossas máquinas é seguro e não possui componentes eletrônicos. Aumentando a vida útil do equipamento.

Se você procura produtividade, fácil manutenção e fácil operação, com baixo custo e com procedência, nossas empilhadeiras são a solução perfeita!

Assim, são indicadas para madeireiras, construtoras, indústria cerâmica, depósitos, armazéns, fábricas, ou qualquer outro segmento industrial com terrenos irregulares ou planos.

E se você acha que acabamos por aqui… Tem mais! Renovamos o design de toda a nossa linha! Assim, a aparência das empilhadeiras off-road e industriais estão mais sofisticadas e carregam uma cor amarela marcante, escolha inspirada na bandeira do Brasil e também nas cores da identidade da nossa marca.

Além disso, garantimos alta tecnologia, desempenho e agilidade. E, nossas máquinas são fortes, grandes e robustas, do jeito que seu trabalho exige.

Atendimento de excelência

Nós valorizamos a confiabilidade! Portanto, você pode contar com o nosso atendimento do pré ao pós-venda, além de encontrar assistência técnica pertinho de você sempre que precisar. Estamos em toda parte do Brasil! Então, é só entrar em contato com a gente! Em nossa indústria, que está em constante mudança e desenvolvimento, somos um farol de confiança para todos os nossos clientes.

Movix Alerta

É de extrema importância seguir todas as recomendações preventivas e corretivas direcionadas por nossa equipe, que possuem aptidão para instruir você da melhor forma sobre como lidar com sua máquina e peças.

As peças originais das nossas empilhadeiras foram desenvolvidas com a qualidade necessária para garantir seu melhor funcionamento sem interrupções, com o objetivo de auxiliar a sua produção diária e facilitar os processos industriais e off-road.

E se você quer nos ajudar a expandir o alcance territorial e ser mais um suporte técnico especializado Movix, entre em contato conosco agora mesmo para fazer parte do nosso time de excelência.

Empilhadeira para obras: descubra por que a Movix Off-Road é ideal para a Construção Civil

Utilizar uma boa empilhadeira para obras é essencial na movimentação de materiais de construção, como no transporte de vigas, madeira, tijolos, cimento, peças e suprimentos de forma adequada em longas e curtas distâncias.

E, você que trabalha com Construção Civil já sabe que ter o equipamento ideal para cada tipo de solo e aplicação faz toda a diferença na produtividade!

Portanto, é importante ficar atento na hora de escolher a máquina adequada para o trabalho, principalmente se o canteiro de obras tiver pisos irregulares, poeira constante e situações desafiadoras para empilhadeiras.

Afinal, em uma obra muitos materiais são utilizados e precisam ser carregados de um lado para o outro. Já pensou em como seria carregar uma grande quantidade de toras de madeira ou barras de aço sem o auxílio de nenhum equipamento? 

Além de ser mais difícil, as chances de desperdiçar ou danificar o material seriam muito maiores sem uma empilhadeira.

Neste tipo de situação, é recomendado o uso de empilhadeiras modelo Todo Terreno, ou Off-Road. Essas máquinas são apropriadas para serviços em terrenos mais difíceis e com movimentação constante de cargas pesadas.

Segurança em primeiro lugar

Investir em equipamentos e máquinas com certificação e dentro do padrão de segurança é extremamente importante, para que você enfrente grandes problemas. E, quando falamos em canteiro de obras, é inevitável pensar nas normas de seguranças criadas para regulamentar este tipo de trabalho.

A Norma Regulamentadora 11, conhecida como NR-11, foi desenvolvida especialmente para definir padrões relacionados à segurança e saúde no transporte, movimentação e armazenamento de cargas, seja no setor público ou privado.

Neste sentido, é ideal que a empilhadeira escolhida para o seu trabalho seja utilizada seguindo algumas diretrizes de segurança para evitar ou auxiliar na redução do número de acidentes no ambiente de construção.

Alguns dos principais pontos da NR 11 são:

  1. Utilização de EPIs (equipamentos de proteção individual) apropriados para o serviço por parte dos colaboradores;
  2. Verificação de equipamentos e veículos, para garantir que estejam em situação regular à nível de manutenção e operação;
  3. Isolamento devido das áreas de tráfego e movimentação de materiais;
  4. Procedimentos de evacuação e combate à incêndios bem definidos e orientados;
  5. Habilitação adequada dos colaboradores para movimentação de materiais e cargas.

Quer saber mais detalhes sobre a Norma Regulamentadora 11? Leia o nosso artigo.

Movix Off-Road: A empilhadeira ideal para obras

As nossas empilhadeiras Off-Road são um verdadeiro trunfo para qualquer canteiro de obras porque combinam as funções de uma ferramenta de elevação e a mobilidade de um veículo, tudo o que sua construção precisa.

Maxxicargo Turbo

Uma ótima opção para o canteiro de obras. Possui motor turbo diesel com maior potência e torque, chassi em aço de alta resistência e mangueiras com terminais DKO. Além disso, esta máquina suporta de 3,5 a 4,5 toneladas, então é ideal para o trabalho pesado!

Confira algumas características da Maxxicargo Turbo:

  • Mais espaço na cabine de operação e painel digital compacto
  • Sistema exclusivo de deslocador lateral de carga através do movimento completo da torre
  • Sistema elétrico protegido com sistema de conectores anti desengate
  • Mangueiras com terminais DKO

Empilhadeira para obras – Série MX

A Série MX tem capacidade para suportar até 3.500kg, é compacta, de fácil operação e mecânica simplificada. Além disso, funciona muito bem para transporte de materiais de construção, cerâmicas, madeireiras, pomares ou qualquer indústria com terrenos irregulares.

Confira as características e diferenciais da Série MX:

  • Pneus maiores e suspensão que garante mais segurança em terrenos desnivelados
  • Assento ergonômico, volante ajustável, iluminação e sinalização
  • Mais velocidade e capacidade de inclinação
  • Tração 4×2
  • Sistema de iluminação dianteira e traseira

Nós da Movix temos a empilhadeira para obras que você precisa! Entre em contato conosco agora mesmo e garanta a melhor empilhadeira Off-Road do mercado.

Perspectivas para a colheita de maçã em 2022

As perspectivas para a colheita de maçã em 2022 não são muito positivas. Acredita-se que o volume da safra seja menor, por causa de intempéries climáticas provocadas pelo fenômeno La Ninã no verão. Conforme a Associação Brasileira dos Produtores de Maçã (ABPM), a quebra da safra desta fruta em 2022 poderá ser 30% superior à de 2021. 

Os principais tipos da fruta no Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul são a Gala e a Fuji. Assim, outro fator que pode interferir na produção é a bienalidade da Fuji. Ou seja, muita chuva durante a “floração” e seca no período do enchimento do fruto, afetando assim no volume de produção.

Estima-se que a safra de maçã Gala deva ter uma redução de 25% e a maçã Fuji redução de 35%.

Neste artigo, vamos te mostrar como a escolha de boas máquinas e equipamentos podem fazer toda a diferença para evitar prejuízos maiores na baixa safra.

Encontre a máquina que ajuda a evitar danos na colheita de maçã

Uma das soluções para ajudar a melhorar a colheita de maçã é a utilização de máquinas e produtos que causem menos prejuízos aos frutos colhidos. Nesse sentido, a Empilhadeira Off Road MX da Movix pode auxiliar sua produção na colheita da maçãAfinal, elas oferecem muitos benefícios ao setor Agro, por exemplo: 

  • Atuam em todos os tipos de terreno (poeira, barro, terrenos irregulares)
  • Oferecem resistência e durabilidade
  • Têm um excelente custo-benefício
  • Operam de maneira fácil 
  • Possuem uma mecânica simples
  • O raio de giro reduzido é perfeito para os pomares

O operador da máquina deverá cuidar da regulagem do equipamento, como pressão dos pneus. Assim, o ideal é que as configurações sejam ajustadas por profissionais especializados, assegurando melhor eficiência e vida útil da máquina de acordo com instruções do fabricante. 

Estes cuidados impedem o desperdício na colheita da maçã.

Reduza o impacto da baixa safra 

Estudos do setor Agro salientam a influência dos fatores climáticos no período de crescimento das maçãs sobre as perdas pós-colheitas. Segundo a pesquisa, foi detectado um alto índice de precipitação de chuvas e alta incidência de podridões durante a fase de crescimento das maçãs, favorecendo a esporulação e dispersão de propágulos de fungos nas flores e frutos.

Portanto, vamos te apresentar alguns protocolos de manejo para a colheita de maçã. Veja a seguir.

Protocolos de manejo para colheita de maçã

colheita de maçã - 2022 - movix

Para reduzir os fatores mencionados acima, algumas práticas são adotadas, por exemplo:

  • Controle de doenças na pré-colheita 
  • Limpeza dos pomares
  • Controle de plantas invasoras
  • Cuidado com o desequilíbrio dos nutrientes minerais
  • Manuseio da fruta associados a danos mecânicos e transporte
  • Prevenção contra detritos no solo
  • Desinfecção de sacolas de colheita da maçã, contentores e câmara de armazenagem e resfriamento pós-colheita.

Portanto, as perspectivas positivas para a colheita da maçã na safra 2022 são baixas devido às circunstâncias climáticas ocorridas no período de crescimento das frutas. 

Assim, é essencial que o agricultor invista em práticas de redução de perdas. O uso de máquinas adequadas, como as Empilhadeiras Off Road da Movix são essenciais para reduzir os prejuízos da safra. 

Por fim, oferecemos um flyer com informações gerais e técnicas sobre os nossos equipamentos ideais para pomares. 

cta_movix_faça_download

NR 11: Norma Regulamentadora aplicada na Construção Civil

A Construção Civil é um segmento pautado por inúmeras Normas Regulamentadoras, já que ele envolve complexidades e riscos no cumprimento de suas atividades. Uma das principais é a NR 11.

Mas, afinal, você sabe o que é a NR-11?

NR-11 é o nome dado a norma de regulamentação das atividades de transporte, movimentação, armazenagem e manuseio de materiais.

O setor da Construção Civil tem crescido muito ultimamente e alavancado a economia do país, gerando trabalho e renda. Assim, este segmento é responsável por transformar os projetos tornando-os realidade na vida das pessoas.

Portanto, as normas são oficiais, de cumprimento obrigatório a todas as empresas que operam no Brasil com transporte, movimentação e armazenagem de cargas, inclusive a Construção Civil.

Neste artigo, vamos falar sobre a NR-11 e a importância da escolha de bons equipamentos e máquinas para movimentação e transporte na Construção Civil.

NR-11: itens para a Construção Civil

A elaboração das NRs é feita pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Esta instituição pública estabelece que suas regras sejam cumpridas em todo o território nacional. Elas tratam do agrupamento de leis que tem por função reduzir e prevenir acidentes no âmbito do trabalho.

O setor da Construção Civil exerce certas práticas de segurança e a NR-11 inclui algumas exigências como:

  • Os equipamentos utilizados na movimentação de materiais, tais como elevadores de carga, guindastes, empilhadeiras, guinchos, e transportadores de diferentes tipos devem oferecer as necessárias garantias de resistência e segurança, além de perfeito estado de conservação para o trabalho.
  • A carga máxima de trabalho permitida deve ser indicada em lugar visível do equipamento.
  • Nos equipamentos de transporte, com força motriz própria, o operador deverá receber treinamento específico, dado pela empresa, que o habilitará nesta função.
  • Os operadores de equipamentos de transporte motorizado devem receber habilitação e só poderão dirigir se durante o horário de trabalho portarem um cartão de identificação, com o nome e fotografia, em lugar visível.

Portanto, fique atento à NR-11, pois as falhas e acidentes podem gerar prejuízos tanto para a construtora, quanto para os colaboradores. Além disso, os profissionais da obra e do escritório devem considerar os riscos em todos os processos de execução da obra.

Leia a NR-11 na íntegra clicando aqui.

Máquinas e equipamentos de alta tecnologia para cumprimento da NR-11

As construtoras e incorporadoras atualmente investem em máquinas facilmente operáveis pelos colaboradores, desde que estes recebam treinamento adequado para a operabilidade da mesma, prevenindo acidentes no âmbito do trabalho.

Algumas máquinas, tais como, empilhadeira, escavadeira e tratores, são muito utilizados no setor da construção civil.

Vantagens das empilhadeiras Off-Road na Construção Civil

A empilhadeira off-road exibe força, resistência e enfrenta qualquer tipo de situação climática. Elas comportam até 4,5 toneladas de peso, muito superior quando comparadas ao modelo tradicional que suporta no máximo até 3 toneladas. Além disso, ela atua em qualquer tipo de terreno.

Na Construção Civil, faz-se o uso de empilhadeiras no transporte de materiais, por todo o canteiro de obras, de modo prático, ágil e seguro. Nesse sentido, estes maquinários permitem a distribuição e transporte de tijolos, cimento e peças para armazenamento em estoque e utilização no canteiro de obras.

A utilização de empilhadeira em um canteiro de obras auxilia na prevenção de acidentes e prejuízos.

Esperamos que tenha ficado claro que a NR 11 na Construção Civil é de total importância em um canteiro de obras, visto que ela colabora para garantir segurança nas operações de transporte, movimentação, armazenagem e manuseio de materiais, contribuindo para a prevenção de acidentes.

Impactos da escassez de mão de obra qualificada na construção

A escassez de mão de obra qualificada na construção civil ainda é um dos maiores problemas enfrentados pelo setor. 

O mercado de construção civil segue em crescimento, apresentando uma expansão de cerca de 7,6% em 2021, segundo a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). 

Assim, só aumenta a demanda por trabalhadores, tanto que em 2021, o número de vagas de emprego no setor aumentou 14,8%, de acordo com o SindusCon.

Porém, encontrar mão de obra especializada é cada vez mais difícil, além de ser muito mais caro do que a mão de obra comum. 

A oferta de profissionais não consegue atender as demandas do mercado e a falta de profissionais habilitados tende a atrasar os cronogramas, encarecer os custos e dificultar o crescimento desse setor.

Neste artigo, vamos mostrar as dificuldades trazidas pela escassez de mão de obra e as vantagens de adquirir equipamentos que agilizam o trabalho pesado nas obras.

Vantagens de investir em equipamentos simples de operar

As máquinas estão cada vez mais presentes no nosso cotidiano e agilizam o trabalho pesado, anteriormente realizado por pessoas.

Os avanços em tecnologias como aprendizado de máquina, visão computacional, robótica e internet das coisas estão revolucionando o modo como o trabalho é realizado.

De acordo com projeções do McKinsey Institute, 50% das atividades de trabalho poderão ser automatizadas nas próximas décadas, estimulando mudanças poderosas no futuro do trabalho. 

Cabe ainda notar que essa nova realidade não necessariamente substituirá a mão de obra humana, mas certamente gerará novos tipos de empregos, que demandam profissionais cada vez mais qualificados. 

Em setores como a construção civil, as chances de que a mão de obra humana direcionada ao trabalho pesado seja substituída pelos robôs são muito grandes – 59%, de acordo com projeções do site Will Robots Take My Job?

Nesse sentido, as empresas precisam, mais do que nunca, investir no treinamento e na formação de seus profissionais.

Além disso, outro caminho interessante é investir em equipamentos fáceis de operar, que não exijam uma mão de obra tão especializada. Então, máquinas como tratores, empilhadeiras e escavadeiras, são cada vez mais comuns nesses ambientes.

Para operar uma empilhadeira, por exemplo, o operador deve receber treinamento para que esteja habilitado a cumprir sua função. Porém, esse treinamento é rápido e pode ser fornecido pelo próprio empregador.

Conforme as normas da NR-11, basta o treinamento específico dado pela empresa contratante para habilitar o trabalhador para essa função. Não existe uma carga horária legalmente definida para o treinamento de um operador de empilhadeira, mas ele é bem rápido. Em geral, são indicadas pelo menos 20 horas de formação.

Além disso, é recomendável que o operador de empilhadeira tenha alguma formação em Primeiros Socorros, realizada em uma instituição oficial, para que saiba como agir em caso de acidentes. 

Empilhadeiras Off-Road facilitam trabalho na Construção Civil 

As empilhadeiras off-road apresentam um ótimo desempenho no setor de construção, onde as atividades geralmente são repletas de intempéries e exigem máquinas robustas e seguras.

Projetadas para suportar trabalhos pesados, as empilhadeiras off-road carregam até 4 toneladas de peso, enquanto os modelos tradicionais suportam apenas de 2,5 a 3 toneladas. 

Para enfrentar essas condições adversas, a estrutura física dessas máquinas é mais forte e resistente do que aquelas utilizadas em centros logísticos fechados. Além disso, a distância do chassi até o chão é adequada para vencer os obstáculos em qualquer tipo de terreno.

As empilhadeiras off-road também oferecem a vantagem de conseguir se deslocar em locais de solo irregular, sob influência de chuva, excesso de poeira e outras condições adversas. 

Por isso, o uso de empilhadeiras na construção civil possibilita o transporte de materiais por todo o canteiro de obras de modo muito mais ágil e prático. Além disso, elas permitem descarregar um grande número de cargas ao mesmo tempo.

Esses equipamentos são perfeitos para empilhar cargas, mas também servem para fazer a distribuição e transporte de materiais para estoques e locais de utilização. Materiais pesados, como tijolos, armaduras, cimento, peças e suprimentos podem ser transportados muito mais facilmente. 

Desse modo, eles evitam que ocorram desperdícios, acidentes e danos comuns no transporte manual. Além disso, agilizam o trabalho humano e permitem que os trabalhadores direcionem seus esforços para tarefas mais delicadas ou especializadas.

Você gostou desse artigo? Quer saber mais sobre como as empilhadeiras são usadas na construção civil? Veja aqui!

6 dicas para cuidar das peças para empilhadeira

Você sabe detalhes sobre as peças para empilhadeira

Como toda máquina, uma empilhadeira é composta por muitas peças que, juntas, compõem seu sistema completo. 

Assim, para que o desempenho da máquina não seja comprometido, é necessário que as peças sejam de qualidade, estejam em boas condições e funcionem corretamente.

Para isso, gestores e operadores devem se organizar para realizar manutenções preventivas em um intervalo de tempo determinado pelo fabricante. Se necessário, a empresa deve buscar assistência técnica especializada e repositores de peças confiáveis.

Além disso, é essencial que reservem um tempo, de preferência nos primeiros horários do dia útil, para realizar a verificação das peças antes de utilizar a máquina.

Do contrário, as interrupções no fluxo de trabalho podem atrapalhar a rotina e gerar grandes prejuízos para a empresa. Em situações mais graves, é necessário substituir completamente a máquina por uma nova. 

Por isso, neste artigo vamos te mostrar quais são as principais peças da empilhadeira, quais cuidados adotar para aumentar sua durabilidade e explicar por que esses procedimentos são essenciais. 

Quais são as principais peças para empilhadeira?

Antes de saber como cuidar da sua empilhadeira, é essencial que você conheça sua estrutura e as peças que a compõem. 

Para isso, é necessário levar em conta o tipo de empilhadeira que você utiliza – a diesel, a gás, elétrica ou manual. Afinal, cada modelo será formado por peças específicas. 

No entanto, podemos considerar que algumas partes e peças são comuns para todos os modelos. Assim, elas compõem a parte externa e interna da empilhadeira, produzidas em diferentes tamanhos e funcionalidades. 

Nesse sentido, algumas peças são mais simples de consertar ou substituir quando necessário e outras mais difíceis. E, é por isso que a manutenção preventiva e monitoramento diário são tão importantes! 

Veja as principais estruturas e peças de uma empilhadeira:

  • Rodas
  • Torre
  • Garfos
  • Sistema hidráulico
  • Mangueiras
  • Correias
  • Componentes do motor 
  • Lanternas e faróis
  • Bancos
  • Volante
  • Alavancas de controle da torre
  • Acessórios (big bag, concha hidráulica, garra de fardos)
  • Filtro para o motor (de óleo e ar)
  • Juntas para a empilhadeira
  • Sapatas e cilindros para os sistemas de freios
  • Engrenagens e rolamentos de transmissão

Como cuidar das peças para empilhadeira?

Agora que você já sabe quais são as principais peças para empilhadeira, veja algumas dicas de como cuidar delas para manter o bom funcionamento da máquina e aumentar sua durabilidade.

1. Faça manutenção preventiva

A manutenção preventiva consiste no procedimento de avaliação e checagem de peças mesmo quando a empilhadeira não apresenta nenhum problema aparente. O momento de realizá-la pode ser definido por três fatores conhecidos como gatilhos, são eles:

  1. Tempo. Ex.: Realizar a manutenção a cada 3 meses.
  2. Horas de funcionamento. Ex.: Realizar a manutenção a cada 1.200 horas de uso.
  3. Produtividade. Ex.: Realizar a manutenção a cada X kg transportados.

A principal vantagem desse tipo de manutenção, é que ela pode ser feita de maneira sistemática e planejada, sem interromper o fluxo de produção de maneira inesperada.

Além disso, é através da manutenção preventiva que se identificam pequenos danos ou falhas na empilhadeira, facilitando a troca de peças ou reparo antes que o prejuízo seja maior. 

Geralmente, os fabricantes oferecem orientações quanto aos gatilhos da manutenção preventiva de acordo com o modelo da empilhadeira.

2. Cheque as peças diariamente

Reserve parte do dia para fazer a checagem das peças da empilhadeira.

Um procedimento que pode facilitar essa tarefa, é produzir um checklist de todas as partes da empilhadeira que precisam ser verificadas pelos operadores. Assim, você facilita o trabalho e garante que nenhuma peça seja esquecida.

Essa verificação é essencial, especialmente no que diz respeito ao motor. Muitos gestores e especialistas afirmam que a principal causa de quebra de peças, é a falta de óleo no motor. Além de interromper o trabalho, essa falha pode tornar o custo de reparo elevado, trazendo prejuízos para a empresa.

3. Verifique os itens de segurança

Os acessórios de segurança da empilhadeira devem estar em boas condições de uso, garantindo a integridade dos colaboradores e, claro, do equipamento.

Assim, extintores de incêndio, por exemplo, devem estar dentro da data de validade. Cintos de segurança, por sua vez, precisam estar inteiros e em bom estado, assim como os operadores devem ser conscientizados a respeito de seu uso. 

Além disso, os faróis, lanternas e alertas sonoros da empilhadeira também precisam funcionar normalmente, para sinalizar outras pessoas que se movimentam pelo recinto e evitar acidentes com prateleiras ou outros objetos.

Muitos problemas graves podem ser evitados quando as peças de segurança da empilhadeira estão de acordo com as normas do setor. Portanto, dê a atenção necessária a esse item. 

4. Respeite o limite de carga

Desrespeitar o limite de carga pode gerar desgastes e diminuir a durabilidade da sua empilhadeira. Parece óbvio, mas muitas empresas ainda ignoram essa regra básica para a movimentação de carga.

Então, se a máquina é constantemente sobrecarregada com cargas maiores do que ela suporta, é muito provável que as peças quebrem ou precisem de reparos. 

Ao invés de ganhar tempo e aumentar os lucros, como a maioria das empresas imagina, ela precisará gastar ainda mais em manutenções e substituições de peças. 

5. Busque fornecedores de peças confiáveis

Mesmo a melhor e mais durável das empilhadeiras precisará de reparos e trocas de peças. 

Portanto, é essencial que você busque fornecedores confiáveis. Eles devem oferecer peças condizentes com o modelo da empilhadeira e com as necessidades da sua empresa. 

Uma excelente novidade é que, em breve, a Movix também distribuirá peças para empilhadeiras. Assim, você poderá contar com um serviço super completo e, claro, com a qualidade que você já conhece.

6. Invista em assistência técnica especializada

Por fim, invista em um serviço de assistência técnica especializada para cuidar da sua empilhadeira com problemas.

Ou seja, o técnico deve conhecer a máquina, além de saber como e onde mexer. Aliás, esse serviço compõe um pós-venda de qualidade e deve ser fator decisivo para você escolher onde comprar a sua empilhadeira.

A Movix já oferece o serviço de assistência técnica especializada em diversos locais do país. Assim, não importa onde sua empresa esteja, temos certeza que podemos oferecer o suporte que você precisar.

Então, esperamos que você tenha gostado de conhecer sobre peças de empilhadeira e alguns cuidados necessários para garantir sua qualidade por mais tempo. 

Se você quiser mais informações super úteis sobre empilhadeiras, acesse nosso blog e leia outros artigos como este.

Empilhadeira a diesel é ideal para a minha indústria?

Quer saber se a empilhadeira a diesel é a escolha certa para a sua empresa? 

Escolher a empilhadeira ideal é uma tarefa que exige pesquisa e organização, afinal, se trata de um grande investimento para a empresa. Afinal, o custo para abastecer e fazer a manutenção da máquina também deve ser levado em conta, já que ele impactará nos gastos da empresa.

Além disso, outros fatores precisam ser levados em consideração, por exemplo: 

  • Investimento médio desejado
  • Terreno de atuação
  • Aplicação em ambiente fechado ou aberto 
  • Finalidade de uso
  • Tipo de carga que ela deverá transportar
  • Peso médio da carga

Então, para te ajudar nessa decisão, vamos te apresentar as características da empilhadeira a diesel, seu fator de produtividade e a economia gerada através do uso de combustíveis para o seu abastecimento. 

Tipos de combustível para empilhadeiras: diesel ou GLP/gasolina

Em primeiro lugar, vamos falar sobre a diferença entre as empilhadeiras com motor a diesel ou GLP/gasolina.

Os motores a diesel são muito mais fortes do que os movidos a GLP. No entanto, seu uso não é recomendado em espaços fechados, mal arejados e sem circulação de ar. Nesse sentido, o mais recomendado é utilizar empilhadeiras a GLP.

Porém, em qualquer outra situação, a empilhadeira a diesel é a mais indicada, por sua força, robustez e capacidade de economia. 

Empilhadeira a diesel Movix

A empilhadeira da série diesel, fabricada pela Movix, é a mais indicada para enfrentar os desafios diários da indústria.

Além disso, ela é muito econômica e pode se adaptar a diversas funções. Os modelos a diesel da Movix suportam de 2,5 a 7,0 toneladas e estão disponíveis até com a tração 4×4, ideais para o uso em terrenos irregulares. 

Uma de suas maiores vantagens é ser compacta e ter um raio de giro reduzido, o que proporciona agilidade e mobilidade, especialmente para quem tem um espaço de trabalho pequeno.

Encontre as peças de reposição em nossa empresa, ou com nossos agentes autorizados espalhados por todo o Brasil, sem a necessidade de grandes gastos com manutenção ou assistência técnica. Além disso, ela também dispensa o uso de componentes eletrônicos, facilitando ainda mais seus reparos.

Enfim, as empilhadeiras à diesel equilibra fatores como simplicidade na operação, alto desempenho e baixo consumo de combustível. 

Veja os principais motivos para escolhê-la para atuar na sua indústria ou empresa.

Vantagens da empilhadeira a diesel

A empilhadeira a diesel pode ser uma ótima escolha para a sua empresa, já que ela transporta objetos de maneira eficiente e sustenta altas capacidades de carga. 

Isso se deve, especialmente, à força oferecida pelo motor a combustão, que apresenta um excelente desempenho nas operações de transporte.

Em comparação com as elétricas ou a gás, as empilhadeiras a diesel são mais robustas e fortes. No geral, também são mais rápidas, precisas e confiáveis. Além disso, a versatilidade da máquina possibilita a aplicação em diversos segmentos da indústria.

Apesar do diesel ser um combustível poluente, você pode utilizar a empilhadeira em docas, pátios ou galpões, desde que tenham boa circulação de ar. 

Seu uso não é indicado apenas em indústrias ou empresas totalmente fechadas, sem ventilação, para não comprometer a saúde dos trabalhadores.

Veja outras vantagens da empilhadeira a diesel:

  • Oferecem facilidade de manutenção
  • Apresentam vida útil maior
  • Suportam o acoplamento de equipamentos como conchas hidráulicas, prolongadores de garfos ou dispositivos big bag.
  • A força do motor proporciona velocidade à máquina, o que reduz o tempo de deslocamentos e auxilia a aumentar a produtividade da empresa.
  • É mais barata que outras do mercado, como as elétricas, por exemplo.
  • Proporciona economia de, pelo menos, 57% em combustível, se comparada com a empilhadeira a gás.

Este foi o nosso artigo sobre empilhadeira a diesel. Então, se ele te ajudou a concluir que esse modelo é o ideal para a sua indústria, agora é a hora de entrar em contato com a nossa equipe e solicitar um orçamento! 

 

Como aumentar a eficiência da gestão rural

Alinhar processos, cuidar e treinar pessoas, pensar em ferramentas, elaborar estratégias… Enfim, essas são apenas algumas das responsabilidades da Gestão Rural de uma fazenda. 

Assim, as propriedades rurais podem ser difíceis de gerenciar, devido a diversidade e complexidade do setor. Se forem grandes fazendas com diferentes culturas, o desafio fica ainda maior.

Portanto, para oferecer eficiência, um bom gestor deve ser especialista na área e se concentrar em maneiras de atingir os objetivos maiores da empresa rural.

Neste artigo, vamos te mostrar como aplicar a Gestão Rural de maneira produtiva e quais as suas principais tecnologias de suporte. Além disso, temos um link para download de um ebook completo sobre Gestão Agro para você que quer aprofundar no assunto.

cta_movix_faça_download

O que é Gestão Rural?

A Gestão Rural consiste no planejamento, organização, distribuição e controle dos processos de uma fazenda, visando as metas estabelecidas, o aumento da produtividade e o uso eficiente de recursos. 

Uma das maiores preocupações da Gestão Rural é equilibrar o interesse administrativo em reduzir custos e, ao mesmo tempo, manter a qualidade produtiva. Ou seja, seu desafio é buscar, ao máximo, a relação custo-benefício nas atividades. 

Bases da Gestão Rural

As bases da Gestão Rural são: 

  • Processos: o gestor deve se encarregar pela troca de informações entre as diferentes atividades da fazenda. Dessa maneira, ele é capaz de identificar necessidades, gargalos e direcionar as soluções aos responsáveis. Também é dessa maneira que ele mantém os líderes da empresa cientes do que está acontecendo.
  • Pessoas: o manejo das pessoas que trabalham na fazenda também é atribuída ao Gestor Rural. Ele é o responsável pelo elo entre os colaboradores e os líderes. Portanto, o gestor deve estabelecer uma comunicação transparente e treinamento adequado.  
  • Ferramentas: estar atento às novidades em ferramentas (digitais ou não), implementos e máquinas que auxiliem a produtividade rural é uma das tarefas mais importantes de um gestor. Isso se aplica tanto ao trabalho na lavoura, quanto às rotinas de escritório. 

Como aplicar a Gestão Rural

A Gestão Rural pode ser aplicada através de ferramentas diversas que promovam acesso a dados precisos sobre as operações realizadas. O desenvolvimento tecnológico tem sido fundamental para a prática, auxiliando o gestor a colher as informações necessárias para uma boa gestão. 

Veja algumas inovações tecnológicas aplicadas na Gestão Rural:

  • Softwares de controle e monitoramento
  • Softwares de gerenciamento financeiro
  • Sistemas de integração de informação
  • Avaliações e pesquisas de satisfação digitais

Como aumentar a produtividade através da Gestão Rural?

Nada como boas técnicas e dicas para melhorar ainda mais a produtividade através da gestão, certo? Então, confira as que separamos para te auxiliar nesse processo:

  • Colete e utilize dados. Assim, você garante assertividade ao seu trabalho, embasa argumentos, visualiza o cenário geral e pensa em soluções com mais facilidade.
  • Saiba quais são os objetivos da fazenda. Reúna-se com os administradores, dialogue e sempre esteja a par dos objetivos maiores da empresa rural. Assim, suas metas e planos de ação enquanto gestor também se direcionam para o lugar certo e fica muito mais fácil atingir resultados satisfatórios.
  • Invista em tecnologia. A tecnologia no campo deixou de ser um luxo há muito tempo e se tornou necessidade. Atualmente, é impossível acompanhar um mercado tão competitivo sem investir em tecnologias, sejam elas máquinas de produção ou softwares de monitoramento. 

Com todas as técnicas e estratégias apresentadas até aqui, você estará pronto para dar os primeiros passos para uma Gestão Rural mais produtiva e benéfica para a sua empresa. 

Esperamos que este artigo tenha te ajudado a considerar novas soluções para a sua rotina no campo.

Enfim, se você trabalha com Gestão Rural e quer se aprofundar em gerenciamento de custos, vai adorar conhecer nosso e-book.

cta_movix_faça_download

Administração rural: como aplicá-la na minha fazenda?

O poder do agronegócio é um fenômeno expansivo, extremamente impactante na economia nacional e diz muito sobre a alta demanda gerada para o setor nos últimos anos. Nesse sentido, já faz algum tempo que a administração rural familiar das propriedades começaram a dar lugar a administrações especializadas, transformando-as em empresas formais. 

Isso porque, diante da alta demanda, se tornou insustentável manter um padrão intuitivo, livre de conceitos e teorias, pautado apenas por tradição e pequenas negociações. 

Hoje, até mesmo as fazendas de pequeno e médio porte já deram os primeiros passos na profissionalização de seu trabalho e investem, cada vez mais, em aprimoramentos para facilitar e aumentar os lucros do dia a dia no campo.

Neste artigo, vamos falar sobre a diferença entre administração rural e gestão rural, te mostrar como ter controle de suprimentos, materiais e produção, como planejar e gerenciar sua mão de obra e como estabelecer um planejamento para as finanças. 

Vem com a gente!  

Qual a diferença entre administração e gestão rural?

Administração rural e gestão rural têm diferenças importantes entre si. Por isso, antes de te dar dicas de como administrar sua propriedade, vamos explicar os dois conceitos. Veja, a seguir:

Administração Rural

A administração rural deve controlar os recursos financeiros, humanos, materiais e mercadológicos, de forma que a empresa alcance seus objetivos utilizando o mínimo de recursos. 

A administração de uma empresa rural pode ser entendida como um processo de tomadas de decisões que busca alternativas produtivas para organizar e operar o negócio agrícola e atingir resultados positivos.

Nesse sentido, um planejamento administrativo bem feito evita inúmeras preocupações e prejuízos. Para isso, o administrador precisa ser organizado e estar atento aos seguintes aspectos:

  • Mudanças gerais no setor
  • Aspectos ambientais
  • Ritmo do desenvolvimento tecnológico aplicado no campo 
  • Oscilações do mercado
  • Características da propriedade

Por fim, a administração rural é ampla, repleta de conceitos técnicos e aplicações práticas na fazenda. Ela consiste em sempre atingir níveis satisfatórios de lucratividade e rentabilidade.

Gestão Rural

A gestão rural, por outro lado, tem um caráter mais operacional. Ela se relaciona com a administração, mas trata mais das ações executadas no campo. 

Além disso, seu foco pode sair do aspecto financeiro e se voltar para:

  • Gestão de processos
  • Gestão de pessoas
  • Gestão de ferramentas.

O gestor rural pode fazer uso de softwares e sistemas que auxiliem na coleta de dados e controle de processos.

4 pilares da Administração Rural

Os 4 pilares para uma boa administração rural são: planejamento, organização, direção e controle. A seguir, vamos aprofundar o conceito de cada um deles. 

Planejamento

Nesta etapa, o administrador deve definir quais são seus objetivos e quais as atividades e recursos necessários para atingi-los.

Sendo assim, é necessário avaliar o contexto atual, tanto do mercado quanto da fazenda. Assim, é possível estabelecer metas, prazos e prever resultados. Também é nesta etapa que deve ser definido quem será responsável por qual atividade. 

Organização

O planejamento deve ser executado e disposto de maneira organizada, para que todos tenham clareza de suas funções dentro do processo agrícola. 

A organização deve delegar funções, nomear responsáveis, estabelecer normas e regras e também os fluxos de trabalho e comunicação.

Direção

A direção do processo está ligada à motivação do pessoal ao executar o trabalho. Assim, ela deve reunir as pessoas certas, deixá-las a par das metas e objetivos da empresa rural e apoiá-las na execução das tarefas. 

Controle

Por último, o controle se trata do acompanhamento de cada etapa, até que as metas e objetivos definidos no planejamento sejam atingidos. 

Para que esta etapa seja eficiente, é necessário que o administrador tenha ferramentas à sua disposição, sejam elas tecnológicas ou não. Também exige que ele tenha a mente aberta para alterar e corrigir o planejamento quando necessário.

Ferramentas de Administração Rural

Veja, a seguir, algumas ferramentas comumente utilizadas por administradores para controlar as atividades no campo e no escritório da empresa rural.

  • Ficha de controle para trator
  • Ficha de controle para culturas
  • Ficha de controle mensal do número de animais existentes no rebanho
  • Ficha de controle leiteiro mensal
  • Movimento de caixa
  • Folha de pagamento
  • Planilha de custo para a produção de leite
  • Planilha de custo para o cultivo do café ou milho, arroz e feijão
  • Planilha de custo de investimento

Para garantir ainda mais precisão e reduzir erros, o ideal é que todas as ferramentas estejam disponíveis em sistemas ou softwares automatizados, capazes de oferecer esses dados em tempo real.

Este foi o nosso artigo sobre Administração Rural. Esperamos que ele tenha te ajudado a estabelecer as etapas do seu processo administrativo. Clique abaixo e leia mais conteúdos como este em nosso blog. 

 

REFERÊNCIAS:

ARRUDA, Leonéia. Administração Rural e Economia Rural. Instituto Formação Cursos Técnicos Profissionalizantes. Disponível em: <http://www.ifcursos.com.br/sistema/admin/arquivos/14-29-36-apostiladeadmeeconomiarural.pdf>

Dicas para a gestão de custos em cerâmicas

A gestão de custos em cerâmicas pode ser um dos maiores desafios para os gestores desse setor. Afinal, é isso que mantém a empresa ativa, controlando gastos e criando novos investimentos. 

Além disso, uma gestão adequada permite que a empresa aplique seu planejamento estratégico de maneira mais eficaz e assertiva. 

Nesse sentido, é impossível fazer uma boa gestão de custos sem considerar as perdas de materiais, já que o produto cerâmico é frágil, delicado e as operações de movimentação e transporte exigem muito cuidado. 

Por isso, é necessário que o gestor tenha características e atitudes como: 

  • Bom planejamento
  • Visão ampla sobre o negócio
  • Mente aberta quanto às inovações do setor
  • Habilidades de pensamento lógico e estratégico
  • Investimento em maquinário de qualidade para a operação de carga

A cerâmica é uma atividade muito importante para a economia do país. Sua participação no PIB gira em torno de 1%, correspondendo a 5 bilhões de dólares. 

Por isso, neste artigo, vamos te mostrar algumas dicas de como fazer a gestão de custos em cerâmica. Além disso, vamos mostrar como as empilhadeiras Movix podem ajudar sua empresa a reduzir custos e aumentar lucros.

Métodos de custeio de cerâmicas

Conheça alguns métodos conhecidos de custeio de cerâmicas, ou seja, aqueles utilizados para apropriação de custos dessa atividade.

1. Custeio RKW

Este método foi desenvolvido na Alemanha. Nele, todos os custos e despesas recaem sobre o produto, através de um critério de rateio. Assim, com o gasto total, adiciona-se o lucro desejado no período, que deve ser distribuído entre os produtos para se alcançar o preço final.

Portanto, é necessário que o gestor tenha em mente uma quantidade estimada de produção, que é essencial para a obtenção do cálculo.

2. Custeio por absorção ou tradicional

Este método, originário no Brasil, é inspirado no método alemão RKW. Nele, os gestores devem separar os custos das despesas. Nesse caso, os custos são os gastos identificados na produção, enquanto as despesas se referem às vendas, administração e financiamentos. Ou seja, tratam do pós-fabrica. 

3. Custeio ABC (Activity Based Costing)

A primeira fase para aplicação do método ABC, é identificar as atividades relacionadas à produção de cerâmica.

Em seguida, o gestor deve atribuir custo às atividades e identificar os direcionadores de custos e de atividades (direcionador de custo – determina a ocorrência de uma atividade e direcionador de atividade – determina a ocorrência de um processo). 

Por fim, é necessário atribuir os custos aos produtos e/ou departamentos.

Planejamento de custos em cerâmicas

Então, para começar a fazer sua gestão de custos em cerâmicas, é necessário escolher um método e aplicá-lo na empresa. 

Além disso, faça um levantamento de todos os custos necessários para realizar a fabricação. Assim, leve em consideração todas as etapas do processo, desde a produção até o transporte e entrega da cerâmica, seja para o revendedor ou consumidor final. 

Alguns gastos fixos envolvem matéria-prima, mão de obra, energia, acessórios e outros.

Em seguida, com base nos gastos fixos, é necessário calcular o preço do produto, de maneira que ele cubra os investimentos e gere lucros.

Gerenciamento de custos dos maquinários

Além dos custos mencionados acima, existe a necessidade de investimento em maquinários capazes de realizar o transporte e movimentação das cerâmicas com segurança e agilidade.

Nesse sentido, a linha de empilhadeiras Off Road da Movix, nos modelos Maxxicargo e MX, são ideais para a realização dessa atividade. Elas se movimentam por terrenos irregulares e suportam altas capacidades de carga. O tempo para carregamento de um caminhão completo pode se reduzir a 7 minutos com as empilhadeiras. 

Por outro lado, o mesmo trabalho executado manualmente, exigiria 10 pessoas e levaria 1 hora e meia de execução. Assim, é possível que a empresa economize em tempo e mão de obra, e também aumente a produtividade.

 

Agora que você já viu alguns métodos de gestão de custo em cerâmicas, sabe como iniciar um planejamento e entendeu como as empilhadeiras Movix podem te ajudar nesse processo, que tal entrar em contato com a nossa equipe e solicitar um orçamento?

Conheça o design das empilhadeiras novas para 2022

Começamos o ano com empilhadeiras novas para vocês! O design das nossas máquinas foi reformulado para 2022 e, acredite, elas ficaram lindas! 

O Brasil é uma das nossas maiores inspirações. Assim, todas as empilhadeiras da nova linha foram produzidas em amarelo, uma das cores principais da nossa bandeira. O amarelo, que simboliza a riqueza, representa muito bem a nossa intenção: ajudar o país a prosperar e enriquecer sempre mais, com qualidade, alegria e entusiasmo. 

Além disso, a cor também está presente em nossa identidade visual. Então, quando aplicada nas máquinas, fortalece ainda mais a nossa marca, que leva força, resistência e agilidade pelos quatro cantos do Brasil. 

Neste artigo, vamos falar sobre os diferenciais das empilhadeiras novas da Movix e todas as suas possibilidades de aplicações. Confira a seguir.

Diferenciais das empilhadeiras novas 

Empilhadeiras todo terreno

A linha de empilhadeiras Off Road é feita para encarar os desafios mais complexos em diversos tipos de terrenos. 

Grandes, robustas e fortes, agora os modelos Maxxicargo, SuperCargo e MX também contam com um design incrível. Além disso, as empilhadeiras oferecem alta tecnologia, desempenho e excelente dirigibilidade. 

Veja as vantagens de investir nas novas empilhadeiras Off Road Movix:

  • Passível de múltiplas aplicações
  • Adequada para diversos tipos de terrenos
  • Fácil de operar
  • Possui raio de giro reduzido
  • Tem maior potência de torque
  • Design ainda mais moderno
  • Mais segura e mais ágil
  • Muito estável
  • Possui sistema deslocador lateral 

Empilhadeiras industriais

As empilhadeiras industriais, por sua vez, transportam qualquer tipo de material e são ideais para movimentar cargas pesadas.

O modelo MD da Movix, empilhadeira com motor a diesel, também conta com um novo design. Tornam-se ainda mais eficientes quando equipadas com acessórios adicionais. O interior proporciona conforto ao operador e, além disso, promove fácil operação, com baixo consumo de combustível.

Veja as vantagens de investir na nova empilhadeira industrial Movix:

  • Reduz tempos de deslocamento
  • Agrega maior produtividade
  • São mais baratas do que as empilhadeiras elétricas
  • Oferece fácil manutenção
  • Têm maior vida útil
  • Podem ser acopladas a outras máquinas
  • Podem ser utilizadas em terrenos planos como pátios e armazéns

Aplicações das empilhadeiras novas 

Agora, veja alguns segmentos de aplicação da empilhadeira Off Road:

  • Madeireiras
  • Construtoras
  • Indústrias cerâmicas
  • Depósitos de materiais de construção
  • Fábricas de artefatos de cimento

As empilhadeiras industriais, por sua vez, são indicadas para qualquer segmento da indústria, desde que sejam usadas em terrenos regulares ou planos, como armazéns e pátios.

Então, se você gostou da nova cor das empilhadeiras Movix e sabe que elas são as mais indicadas para realizar suas operações com eficiência, entre em contato com a nossa equipe e solicite um orçamento. 

Projeções para o Mercado da Madeira 2022

As projeções para o mercado da madeira 2022, assim como para outros segmentos da indústria se baseiam no pós-pandemia, em seu impacto na economia e nas tendências de comportamento dos consumidores.

A extração da madeira no Brasil se dá, especialmente, pelas indústrias de papel e pela construção civil. Nesse sentido, a demanda está diretamente conectada com estes setores. 

A construção civil é uma das áreas da economia que esteve em plena expansão desde 2020 e superou todas as previsões de crescimento, o que causou até mesmo um receio de escassez de matérias-primas como a madeira para suprir as demandas, por exemplo.

Neste artigo, você vai conferir algumas projeções para o mercado da madeira em 2022 e, assim, poder preparar sua empresa para as futuras mudanças econômicas. 

4 Projeções para o Mercado da Madeira 2022

Empresas com responsabilidade ambiental

Ações como a reutilização de materiais, design sustentável, florestas plantadas e descarte regular de materiais compõem algumas tendências de sustentabilidade para o mercado de madeira de 2022.

Aliás, sustentabilidade é uma palavra que continuará muito presente no vocabulário de boa parte das pessoas e empresas em 2022. No entanto, como adotar medidas favoráveis ao meio ambiente, em um setor cuja principal atividade envolve a degradação de áreas e derrubada de árvores?

Aliás, não é de hoje que as indústrias madeireiras adotam diversas medidas – ambientais e sociais – com a intenção de reduzir os impactos causados por sua prática. 

Assim, são nomes de empresas com propostas sustentáveis que prometem se consolidar no próximo ano. Não apenas porque incentivam o desenvolvimento da indústria 4.0, mas também porque adotam posturas inovadoras e conscientes. Estes, por sua vez, são atributos indispensáveis para fazer sucesso entre as futuras gerações de consumidores.

Regulação da demanda

Housing

O isolamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus modificou as relações de trabalho, fazendo com que pessoas do mundo inteiro precisassem migrar dos escritórios para casa. 

Assim, a necessidade de adequação do espaço doméstico implicou em uma alta demanda por reformas, obras e móveis planejados em 2020 e 2021. Essa prática, conhecida como housing, foi uma das grandes responsáveis pelo aumento da demanda de madeira. 

Sob essa perspectiva, a construção civil foi um dos segmentos considerados essenciais durante a pandemia, ou seja, não teve suas atividades interrompidas. Esse fator gerou uma saturação na demanda por matéria-prima, em contraposição com a dificuldade na oferta.

A tendência é que essa explosão da demanda se regularize nos próximos meses, conforme a adaptação da realidade pós-pandemia e o retorno ao trabalho presencial.

Um estudo apresentado por Jefferson Bueno Mendes, da BM2C Consultoria, no 8º Workshop Embrapa Florestas/Apre, afirmou que o quadro favorável dos últimos dois anos apresenta mudanças em vista. Segundo ele, “em 2022 nós teríamos um quadro um pouquinho mais apertado, se mantidas as condições atuais de demanda que acreditamos que não vão ficar assim. O déficit atual de 2021 aumentaria para 5,5 milhões, mais ou menos equivalente a 10,5% da oferta sustentável. O que não é sustentável, logicamente, no médio prazo.

Celulose

celulose mercado da madeira 2022

Sob outra perspectiva, há a demanda de extração de madeira para fabricação de papel, que também foi comprometida pela pandemia.

Segundo Renata Mercante, em um estudo publicado na Fastmarkets RISI, “no início da pandemia, compras geradas por pânico, acumulação preventiva e o aumento do e-comércio catapultaram a demanda por tissue e embalagens, enquanto o fechamento forçado de escritórios e escolas levou a demanda por papel gráfico a uma espiral decrescente.

As previsões futuras do mesmo estudo afirmam que “o consumo expandirá em média cerca de 2% ao ano em 2021 a 2024. Isso elevará o consumo total de celulose de 177 milhões de toneladas em 2018 para 181 milhões de toneladas em 2024.

Aumento nos custos de exportação

A demanda do setor madeireiro também pode se equilibrar em função do aumento nos custos de exportação. Segundo Mendes, da BM2C, os preços elevados se devem ao: 

  • Custo de frete 
  • Desorganização da cadeia produtiva
  • Falta de containers
  • Capacidade dos porto

Nesse sentido, a tendência é uma busca mais elevada por fornecedores próximos, que auxiliem as empresas a economizarem com transporte.

Aumento das áreas de florestas plantadas

As florestas plantadas são voltadas exclusivamente para a demanda de indústrias madeireiras. Elas servem para reduzir a pressão sobre florestas naturais, contribuindo como fator de sustentabilidade e equilíbrio ambiental. 

A tendência é que o cultivo dessas florestas para extração de madeira componha as ações de sustentabilidade previstas para 2022, especialmente com as espécies eucaliptos e pínus. 

E então, qual a sua visão para o mercado da madeira 2022? Escreva aqui nos comentários o que achou das projeções e conte com a Movix para auxiliar a sua empresa.