fbpx

BLOGMOVIX

As últimas notícias para você

produção de algodão

Inovação e tecnologia na produção de algodão

O cenário atual se mostra bastante favorável aos produtores de algodão brasileiros. A Conab prevê um aquecimento de 43% nas exportações, que devem atingir 2 milhões de toneladas e um consumo doméstico de 720 mil toneladas em 2020. Além disso, os preços se mostram favoráveis para a cultura.

As exportações do produto foram favorecidas pela retomada dos embarques para a China, um dos maiores consumidores do algodão brasileiro. Alguns embarques tiveram atrasos no início do ano, quando a China enfrentou o auge da pandemia, mas foram retomados em março. As cotações do produto apresentaram uma ligeira recuperação do prêmio, com médias acima de 400 pontos na Bolsa de Nova York.

Conheça os fatores que favorecem o algodão brasileiro

Os produtores de algodão brasileiros têm muitos motivos para otimismo. A produção conta com uma alta demanda pelo produto no setor têxtil. Além disso, o plantio foi feito dentro de uma janela climática favorável esse ano, e as lavouras estão se desenvolvendo conforme o esperado.

A estimativa da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa) para a safra 2019/20 é de uma produção de 2,74 milhões de toneladas, com 1,636 milhão de hectares plantados.

O bom desempenho se deve principalmente à adoção de novas tecnologias de produção, que possibilitam uma alta produtividade. Em geral, o produtor de algodão adota alta tecnologia, recorrendo ao que há de mais moderno no país. Isso faz com que o algodão brasileiro tenha uma boa qualidade e boa produtividade.

Outro fator importante é a qualidade do algodão nacional, que tem 85% de toda a produção certificada pelo programa Algodão Brasileiro Responsável (ABR). Além disso, o País tem clima favorável, variedades adequadas de algodão e regularidade no fornecimento da matéria-prima para as indústrias têxteis.

Portanto, o bom desempenho do algodão brasileiro se deve a esses e outros fatores:

  • Alta tecnologia, que favorece a produção em larga escala;
  • Técnicas de manejo eficientes;
  • Fertilidade do solo;
  • Controle adequado de pragas e doenças;
  • Mecanização total no processo, do plantio à colheita;
  • Beneficiamento com máquinas de ponta;
  • Uso de sistema de identificação e rastreamento;
  • Análise e classificação de fibra com base em padrões internacionais;
  • Identificação e rastreamento do produto.

Entenda a importância do uso de dados no setor

O uso de tecnologias digitais, como internet das coisas e big data, ajuda no dia-a-dia da lavoura e fornece subsídios para os produtores tomarem melhores decisões mais acertadas.

Um bom exemplo de uso dessas novas tecnologias é o aplicativo desenvolvido pela Terra Santa Agro, que se mostra capaz de reduzir em três horas o tempo de trabalho na fazenda. O Fardos App, uma solução desenvolvida em React-Native pelo time de TI da empresa, melhorou o processo de apontamento dos rolinhos de algodão.

produção de algodão

O aplicativo garante que o produtor terá o registro de todas as informações sobre a lavoura, que exige que os rolinhos de algodão passem pelo processo de apontamento. Desse modo, o produtor é possível antever não apenas a quantidade produzida, mas também a qualidade do algodão e como ele poderá ser vendido no mercado.

Antes do aplicativo ser desenvolvido, todo o processo de produção de algodão da Terra Santa era manual. Em função disso, a empresa levava muito mais tempo para registrar todos os dados na planilha, pois essas informações só chegavam ao escritório no dia seguinte.

Uma vez que a venda do produto é negociada com base nessas informações, ter esses dados disponíveis em tempo real e com menor margem de erros faz toda a diferença nos resultados.

Veja a importância da tecnologia na produção de algodão

A imensa maioria do cultivo do algodão no Brasil é feita por produtores que empregam as tecnologias de insumos, máquinas e implementos mais recentes para obter altos níveis de produtividade e qualidade.

O algodão brasileiro agora é agora produzido em larga escala, tem sistema de identificação e rastreamento e realiza análise e classificação de fibra com base em padrões internacionais.

Máquinas como colheitadeiras, empilhadeiras, tratores e caminhões convivem com máquinas como drones e vants para controle por imagem e aplicação localizada de produtos.

Em função do uso intensivo de tecnologia na produção de algodão, essa lavoura envolve menores gastos com mão de obra. Além de aumentar a produção, o uso da máquina diminui o manuseio do algodão, favorecendo a redução de perdas e menor contaminação, pois o produto tem menos contato com o solo.

Conheça as vantagens das empilhadeiras off road

O investimento em máquinas e equipamentos contribui significativamente para a melhoria dos processos de produção e o aumento da produtividade.

Em sintonia com essas inovações, as empilhadeiras da Série MX da Movix apresentam um ótimo desempenho no cultivo de algodão. De fácil operação, robustas e duráveis, elas são capazes de suportar cargas de até 3.500kg e de superar as condições mais severas.

produção de algodão

Por apresentar maior altura livre do solo, essas máquinas encaram os terrenos mais irregulares com facilidade. Os seus pneus maiores e mais largos oferecem maior estabilidade. A sua suspensão reforçada garante um rodar seguro em terrenos desnivelados.

Muito compactas, essas empilhadeiras têm raio de giro reduzido e são capazes de oferecer agilidade e eficiência na movimentação em pequenos espaços. Além disso, elas trazem assento ergonômico, volante ajustável, iluminação dianteira e traseira e sinalização para maior conforto e segurança.

Como vimos, graças ao uso da tecnologia na produção de algodão, à alta nas exportações e aos bons preços praticados, o cenário atual é muito positivo para essa cultura.

COMPARTILHE