fbpx

BLOGMOVIX

As últimas notícias para você

manutenção preventiva - movix (2)

Por que fazer a manutenção preventiva da empilhadeira industrial?

A manutenção preventiva adequada das máquinas possibilita evitar avarias, aumentar a produtividade e reduzir gastos. Quando um equipamento está parado, toda a linha de produção pode ser colocada em risco.

Uma boa política de manutenção preventiva possibilita aumentar a vida útil das máquinas e equipamentos, manter a produção estável e diminuir a ocorrência de falhas técnicas.

Mas você sabe como fazer a manutenção preventiva da empilhadeira industrial? Conhece os diversos tipos de manutenção? Veja, a seguir, algumas recomendações importantes para que você possa manter o bom funcionamento das empilhadeiras, aumentar a produtividade e reduzir custos.


Saiba como planejar a manutenção preventiva das máquinas

A manutenção preventiva envolve práticas que visam a prevenir o mau funcionamento das empilhadeiras antes que ocorra algum defeito nas máquinas, como troca de peças, limpeza, entre outras práticas.

Diferentemente da manutenção corretiva, que deixa que as máquinas operem até a ocorrência de alguma falha ou defeito, a manutenção preventiva possibilita eliminar ou reduzir as falhas por manutenção (limpeza, lubrificação, substituição e verificação) em intervalos pré-planejados.

Esse tipo de manutenção envolve uma ação planejada e sistemática de revisão, controle e monitoramento que permite identificar problemas logo no início, evitando problemas maiores.

manutenção preventiva - movix

Saiba como implementar a manutenção preventiva

Para fazer a manutenção preventiva, você deve manter toda a equipe ciente e treinada para realizar manutenções menores e de modo planejado e realizar o gerenciamento de todos os equipamentos.

O cronograma de manutenção deve levar em consideração tanto o período de tempo de utilização do equipamento quanto a intensidade com que ele foi utilizado.

Entre as ações de manutenção preventiva mais importantes, destacam-se a proteção das partes móveis dos equipamentos; demarcação das áreas de perigo; adoção de dispositivos de segurança para acionamento de alarme e paradas de emergência; limpeza do piso; capacitação dos operadores. É importante determinar o período necessário para que o perito verifique as condições das máquinas.


Conheça os outros tipos de manutenção

Além da manutenção preventiva, temos também a manutenção corretiva, que é realizada em situações em que há falha nos equipamentos e é preciso recuperar a sua performance ideal.

Os problemas no desempenho das máquinas podem ser detectados simplesmente observando o seu comportamento ou acompanhando dados em softwares e aplicativos próprios que monitoram o seu desempenho.

Porém, quando realizada de modo não planejado, a manutenção corretiva pode levar à interrupção da produção, gerando atrasos e prejuízos.

Já a manutenção preditiva é aquela feita a partir da análise de dados que acusam a necessidade de manutenção do equipamento. Para poder determinar o momento ideal de realizar os ajustes necessários, o acompanhamento dessas informações deve ser constante.

manutenção preventiva - movix

Com o uso de equipamentos avançados de análise estrutural, do estado das superfícies, das vibrações e dos fluidos, a manutenção preventiva elimina quase completamente a necessidade de inspeções. Desse modo, não é necessário desmontar e remontar máquinas para saber se elas estão funcionando bem.

Porém, o processo de manutenção preditiva é bastante trabalhoso e dispendioso, pois requer monitoramento e análises constantes dos dados sobre as máquinas e equipamentos.

O equilíbrio entre a manutenção preventiva, corretiva e preditiva possibilita minimizar o custo total das paradas. Normalmente, quanto mais frequentes os episódios de manutenção preventiva, menor é a probabilidade de ocorrer falhas.

Veja como funciona o backlog de manutenção

O processo de backlog de manutenção envolve os trabalhos que precisam ser concluídos para evitar mais avarias e aumentar a segurança das máquinas. Ele se refere ao período em que uma ordem de serviço tem que esperar para ser solucionada e ao tempo que uma equipe de trabalho necessita para terminar todas as suas atividades de manutenção.

Precisa ser acompanhado constantemente. Embora algum nível de atraso de manutenção seja aceitável, o nível apropriado deve ser determinado em função das necessidades de cada negócio. Programas de manutenção bem definidos possibilitam uma maior confiabilidade dos produtos, redução de custos de reparos e consequente aumento dos lucros.

O gerenciamento do backlog de manutenção garante a correta alocação de prioridades, levantamento de recursos humanos e materiais, programação e baixa nas ordens de serviços. Com esse índice, é possível prever as demandas de suprimentos e de funcionários em seu negócio, evitando-se assim falta de peças de reposição, indisponibilidade de funcionários e problemas que exigem atendimento especializado.

Você gostou desse artigo? Quer saber mais informações sobre como fazer a manutenção de suas empilhadeiras? Acesse o nosso blog e encontre mais informações sobre o assunto!

COMPARTILHE