fbpx

BLOGMOVIX

As últimas notícias para você

empilhadeira industrial

Dicas de segurança para operação de empilhadeiras industriais

As empilhadeiras industriais são projetadas para oferecer o maior padrão de segurança possível durante as suas atividades, seja em canteiros de obras, complexos industriais, centros de distribuição, entre muitos outros ambientes.

Por mais que sejam equipamentos robustos, é comum que descuidos ou falhas humanas ocasionem acidentes, que não apenas podem comprometer a integridade dos operadores, mas também de todas as atividades em que o equipamento está inserido e das pessoas que fazem parte delas.

A seguir, entenda quais são os principais riscos que envolvem o uso das empilhadeiras industriais, quais medidas adotar dentro da sua empresa para evitar a incidência desses problemas e como investir no equipamento certo.

Quais os principais riscos de acidentes das empilhadeiras industriais?

Conforme mencionamos anteriormente, por mais que empilhadeiras sejam equipamentos extremamente seguros, o dia a dia na indústria pode ocasionar imprevistos e adversidades que comprometem esse padrão.

Um dos acidentes mais comuns são os tombamentos, que podem ocorrer por conta do excesso de carga ou até por falta de experiência, imprudência ou imperícia do operador.

Por falar em falhas de operação, também é comum que ocorram quedas pela falta do uso do cinto de segurança, que é item obrigatório por lei até em equipamentos móveis de uso interno.

Colisões e atropelamentos são outras situações mais comuns em relação às empilhadeiras industriais do que se imagina, seja por conta dos pontos cegos existentes no equipamento ou até pela recorrente inadequação das sinalizações dos ambientes de trabalho.

Por último, mas não menos importante, a operação de máquinas falhas ou com defeitos é um fator que agrava muito as chances de acidentes, por isso a falta de manutenções, que infelizmente ainda é comum nas indústrias brasileiras, também é um item importante dessa lista.

Como garantir mais segurança durante o uso do equipamento?

O primeiro cuidado que um gestor deve adotar em relação às suas empilhadeiras industriais é certificar-se de que os operadores contam com certificação na Norma Regulamentadora 11, que versa sobre todos os treinamentos e requisitos de segurança para o uso desse tipo de máquina.

Para evitar problemas por falta de experiência ou capacidade técnica, a Carteira Nacional de Habilitação também deve ser exigida junto ao documento da NR 11, uma vez que é impossível operar equipamentos móveis sem experiência com direção.

Tão importante quanto essas exigências prévias aos colaboradores, é garantir que o ambiente de trabalho deles seja o melhor possível, com empilhadeiras altamente ergonômicas e submetidas a um rigoroso padrão de revisões.

Em relação à cultura organizacional, os cuidados vão muito além das manutenções preventivas, devendo contemplar orientações constantes aos profissionais, boa sinalização, visão ampliada, grande espaço de circulação, entre outros cuidados internos.

Mais que treinar os seus profissionais, adquirir boas empilhadeiras industriais e padronizar as atividades internas de acordo com a legislação vigente, não se esqueça de estar sempre presente para supervisionar o andamento das atividades.

Enquanto gestor, você deve propor constantes mudanças, corrigindo eventuais irregularidades, otimizando novos processos e certificando-se de que os cuidados com a segurança estejam, de fato, sendo cumpridos por todos.

Por quais empilhadeiras industriais optar?

Agora que você já sabe quais são os principais problemas enfrentados pelos operadores de empilhadeiras industriais e quais atitudes tomar para que eles sejam evitados, é importante garantir que o equipamento utilizado esteja alinhado às suas expectativas.

Empilhadeira Serie MD Movix

Na hora de adquirir ou trocar a sua empilhadeira, antes de mais nada, certifique-se de que a empresa escolhida ofereça garantia de revisão e excelentes padrões de manutenção. No caso de equipamentos usados, exija que a procedência seja verificada e a inspeção completa.

Não abra mão de diferenciais como grande estabilidade, força, segurança e versatilidade, que são itens básicos para que você tenha mais eficiência em sua empresa e nenhuma dor de cabeça em relação à sua empilhadeira industrial.

Ao optar por modelos específicos para a indústria, seja com motorização a diesel ou GLP, garanta que eles sejam ágeis, compactos e com mobilidade para espaços reduzidos.

Em relação à operação, além de ergonômica, ela deve ser simplificada, com alto desempenho e baixo consumo, assim como a manutenção, que devem ser fácil e com alta disponibilidade de peças no mercado nacional.

Gostou das nossas dicas sobre o assunto? Quer saber ainda mais sobre o tema e não perder nenhuma novidade sobre empilhadeira industrial ou outros assuntos relacionados ao segmento? Então assine o nosso newsletter!

COMPARTILHE